O cesto está para o cão como a cama está para o homem: é indispensável. Por isso, é importante escolhê-lo e colocá-lo no lugar certo.

O cão é um animal muito sociável que, normalmente, gosta de seguir o seu dono para todos os lugares. No entanto, deve ter um espaço inteiramente dedicado a ele, um território apenas seu, onde pode descansar, mas também onde, às vezes, lhe pode pedir para ir.

Atualmente existem tantos tipos de camas como existem raças de cães: de todas as cores, formas e materiais no mercado. E para todas as carteiras! A oferta varia do simples tapete ao sofá de luxo, passando pelo intemporal cesto de verga. Para maior comodidade, pode optar por um beliche 3 em 1 muito funcional, composto por duas camas sobrepostas e separáveis (muito prático quando se tem dois animais) que até se pode transformar em caixa de transporte.

Para escolher a cama do seu cão, o primeiro critério a considerar é… o seu próprio gosto.

 

Conforto e segurança

Como o seu cão é o principal interessado, também devemos pensar no seu conforto. Escolha, então, o tamanho certo (nem muito grande, nem muito pequeno) e, idealmente, tente observar os materiais em que o seu cão tem mais facilidade em deitar-se para identificar as suas eventuais preferências. Algumas camas combinam conforto e elegância (Cozy Pet Bed), e, portanto, satisfazem as necessidades do seu cão e os seus desejos!

Por último, considere a temperatura exterior e o pelo do seu cão para que ele não tenha nem muito calor, nem muito frio.

 

Localização estratégica

Uma vez escolhido o tipo de cama, resta definir a sua localização. A cama do cão não deve interferir nem estar num local de passagem. É preciso evitar as correntes de ar e dar preferência a uma divisão calma. Assim, o seu cão pode desfrutar de umas belas sestas… com toda a tranquilidade!